Cultivando o otimismo

Acreditar que algo vai dar certo pode ser bastante lucrativo para uma empresa. Colaboradores otimistas tendem a render melhor no trabalho, além de serem mais persistentes nos negócios – o que pode fazer com que fechem uma proposta com mais facilidade do que um pessimista. De acordo com Raúl Candeloro, editor das revistas VendaMais e Liderança, autor de diversos livros e artigos sobre gestão e vendas, a postura otimista é o que ajuda a encarar ambientes de pressão e atitudes adversas. Confira nessa entrevista.

Data da publicação: 12/08/2014
  • UniverSeg O pensamento positivo auxilia o rendimento profissional?

  • Sim, o pensamento positivo com certeza ajuda. Para começar, porque ninguém aguenta trabalhar com vampiros energéticos. Além disso, estudos realizados pelo especialista Martin Seligman (psicólogo americano, que contribuiu significativamente na área da psicologia positiva) têm demonstrado que otimistas têm, em média, uma saúde melhor, melhores relacionamentos e são menos estressados.

  • UniverSeg Ser otimista é sinônimo de ter mais equilíbrio emocional?

  • Sim, podemos dizer que otimistas são mais equilibrados emocionalmente. A questão toda é entender que o que realmente interessa não é o que acontece com você, mas sim como você lida com o que acontece. Otimistas são mais persistentes, vivem mais (porque lidam melhor com situações negativas, estressantes) e criam um clima melhor à sua volta. Tudo isso é sinal de equilíbrio emocional.

  • UniverSeg Superar as dificuldades que surgem em uma rotina profissional acelerada e com cobrança de resultados, mantendo o otimismo (e o pensamento de que as coisas vão dar certo) contribui para que, de fato, tudo se resolva?

  • Otimismo não é uma fórmula mágica (um incompetente otimista e motivado continua sendo incompetente), mas ajuda muito a encarar a situação de maneira mais construtiva. Pessimistas geralmente abandonam e desistem rapidamente e, por isso, muitas vezes não conseguem os resultados que poderiam alcançar caso fossem mais persistentes.

  • UniverSeg Alguns neurocientistas acreditam que o otimismo é uma irracionalidade do cérebro e que pode levar a erros de cálculos e esperanças falsas. Isso se mostra verdade no ambiente de trabalho? Se sim, como encontrar o equilíbrio e tirar proveito do pensamento positivo?

  • Otimismo não é sinônimo de irresponsabilidade, ignorância, ilusão ou excesso de arrojo. Ele não elimina a necessidade de analisar racionalmente fatos e dados. A única questão é de ótica, de ponto de vista. Duas pessoas podem encarar exatamente a mesma oportunidade e chegarem a conclusões diferentes. É aquela história de encarar um momento de depressão: os pessimistas choram, e os otimistas vendem lenços para quem está chorando.

  • UniverSeg Como o profissional pode agir para manter o otimismo em frente às adversidades?

  • Algumas dicas: • Exercícios aeróbicos • Alongamento • Alimentação equilibrada • Meditação ou yoga • Praticar um esporte • Ter um hobby • Escrever • Ouvir música reconfortante • Afastarse de pessoas negativas • Assistir filmes ou ler livros de humor • Estabelecer novos objetivos.